Weintraub usa erros gramaticais para chamar atenção a ações do MEC

- atualizado

Nada tem gerado mais comentários ultimamente na imprensa do que os “erros” de português do Ministro da Educação Abraham Weintraub. Para quem repercute as declarações de Weintraub, parece que a prioridade é a polêmica, e não analisar as ações efetivas do Ministério.

O ministro parece que já entendeu, assim, em suas redes sociais tem adotado uma postura um tanto quanto irônica, mas que visa realmente chamar atenção para os feitos do Governo Federal na Educação.

Nesta segunda-feira (17), Weintraub publicou em seu perfil no Twitter um comunicado recheado de erros de gramática sobre a entrega de 120 ônibus escolares para municípios do Estado de São Paulo. "Espero que dessa forma a notícia chegue a todos", ironizou Weintraub.

A ideia do ministro parece que vem dando certo, uma vez que entrou em evidência todas as vezes que soltou um “deslize” gramatical.

Veja a publicação:

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Informações sobre política, justiça, jornalismo investigativo e os bastidores de tudo que acontece no Piauí