Zé Barros desiste de concorrer à presidência do PT

- atualizado

Na última segunda (06) foi o último prazo para os membros do Partido dos Trabalhadores (PT) se candidatarem à vaga da presidência do diretório estadual. Apenas dois candidatos registraram chapa para disputa: Pedro Calixto e Assis Carvalho.

  • Foto: ArquivoJosé Barros ex-prefeito de UniãoJosé Barros ex-prefeito de União

O ex-prefeito de União, José Barros, desistiu de concorrer à presidência. De acordo com ele, a decisão foi tomada em consenso com aqueles que fariam parte de sua chapa, entre eles, o vereador Deolindo Moura, e a deputada Flora Isabel. “Pensamos, discutimos e chegamos à conclusão de que seria mais viável não registrar nossa candidatura”, resumiu Zé Barros, sem querer dar maiores explicações sobre a desistência.

Apenas dois membros registraram suas chapas para as eleições: Assis Carvalho, que é deputado federal e conta com apoio da senadora Regina Sousa, o secretário Fábio Novo, Franzé Silva e Rejane Dias; e Pedro Calixto que é atual vice-presidente e agora conta com apoio dos militantes que estavam com o Zé Barros e do secretário Merlong Solano. As eleições para presidência do diretório estão marcadas para acontecerem no mês de abril, logo após a decisão dos novos presidentes municipais do partido. 

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Aldo Melo é radialista desde 1992. Notícias do município União - PI. Contato: (86) 99447-1977 / (86) 99958-5374

Arquivo

    VEJA MAIS