GP1

Coronavírus no Piauí

Firmino Filho libera áreas de lazer e recreação infantil em Teresina

O decreto 20.222 estabelece que esses locais deverão manter os protocolos de higiene e segurança para evitar a disseminação da covid-19 na capital.

A Prefeitura de Teresina, por meio do prefeito Firmino Filho (PSDB) liberou, a partir desta sexta-feira, 27, o funcionamento dos espaços de lazer e recreação infantil. O decreto 20.222 estabelece que esses locais deverão manter os protocolos de higiene e segurança para evitar a disseminação da covid-19 na capital.

De acordo com o decreto, a reabertura de espaços de lazer e convivência infantil, como os playgrounds, leva em consideração a estabilização e queda nos casos de infecção pelo coronavírus na cidade. Mas, os espaços kids devem continuar respeitando os protocolos de prevenção e segurança previstos na legislação municipal.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Fernando SaidFernando Said

De acordo com o secretário de Governo de Teresina, Fernando Said, "os números mais recentes indicam uma estabilização e queda nos casos de coronavírus em Teresina, inclusive com a redução de óbitos pela doença. Por isso, estamos dando seguimento ao nosso processo de reabertura gradual e segura”.

Painel epidemiológico

Nessa quinta-feira (26), segundo painel epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde (FMS), a Capital não registrou mortes por covid-19 (26). Este é o terceiro dia sem mortes pela doença em menos de uma semana. Os dados acompanham a tendência de queda no número de óbitos em Teresina, que tem acontecido desde o pico da doença, em julho. Atualmente, a cidade está com média móvel de 1,0 óbito, registrado na semana epidemiológica 47.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Teresina já registra 16.508 pessoas recuperadas da covid-19

Piauí chega a 2.608 óbitos e 125.155 casos confirmados de covid-19

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.