GP1

Coronavírus no Piauí

Prefeito Thales Coelho é acusado de agredir profissionais de saúde

A equipe da Secretaria Municipal de Saúde de Canto do Buriti estava notificando o estabelecimento comercial do prefeito que estava aberto e não respeitava os decretos em relação ao coronavíru

A Secretaria Municipal de Saúde de Canto do Buriti, Regiane Coelho, denunciou no dia 2 de maio ao Ministério Público do Estado, o prefeito de Paquetá, Thales Coelho Pimentel, que teria agredido um grupo de profissionais da saúde que estavam notificando um estabelecimento comercial da qual o prefeito é proprietário. O estabelecimento se trata de uma loja de conveniência de um posto de combustíveis.

Em ofício encaminhado ao Ministério Público, a secretária Regiane Coelho informou que no dia 1º de maio, por volta das 21h50, uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde de Canto do Buriti estava visitando e notificando os estabelecimentos que estavam abertos, apesar dos decretos sobre o fechamento do comércio devido a pandemia do novo coronavírus.

  • Foto: Arquivo PessoalExame de corpo de delito Exame de corpo de delito

A equipe era composta pela enfermeira Joice Nunes Miranda, os fiscais da Vigilância Sanitária, Marcelo Lima Lira e Viviane Chaves Valente, além do agente de trânsito José Ribamar Rodrigues.

Segundo a secretária, a equipe se dirigiu até o posto TDC, localizado na PI 141, que tinha um restaurante aberto e que estava com mesas expostas, com clientes ingerindo bebida alcoólica. A equipe então decidiu notificar o estabelecimento que seria de propriedade do prefeito Thales Coelho.

“Ao procederem a notificação, a responsável pelo restaurante informou que não assinaria a notificação e que o proprietário estava chegando para conversar com a equipe. A equipe ficou aguardando quando de repente foi abordada por duas pessoas que chegaram em um veículo branco. Um deles, o proprietário chamado Thales Coelho Pimentel, e outro, seu cunhado, chamado Sammuel Nunes da Silveira e Oliveira”, informou a secretária em ofício encaminhado ao MP.

Ela destacou que o prefeito “se dirigiu a equipe bastante alterado, xingando e gritando e batendo no carro da equipe, mandando eles saírem imediatamente do local. O proprietário Thales Coelho Pimentel arrancou a máscara com violência do rosto da vítima, e gritou mais uma vez com todos, mandando se retirarem, prometendo bala e arrebentar o carro da equipe. A equipe com medo entrou no veículo, mas o proprietário que estava sendo segurado pelos pais, conseguiu se soltar e saiu em direção ao veículo fechado a porta com força, o que lesionou o pé da vítima, que ainda estava do lado de fora. Ao saírem do estabelecimento, o proprietário ainda perseguiu o veículo por um bom percurso”.

A vítima em questão é o agente de trânsito José Ribamar que chegou a fazer um exame de corpo e delito no Hospital Regional Domingos Chaves, em Canto do Buriti, com a presença do delegado Yan Rêgo Bayner. Em entrevista ao GP1 neste domingo (3) o delegado confirmou a situação.

"Foi feito um Boletim de Ocorrência registrando que após uma discussão acalorada com a equipe de saúde o prefeito teria usado de força física, foi encaminhado para o Ministério Público e já foi instaurado o procedimento de investigação e no curso da semana vão ser produzidas as provas necessárias", explicou.

A secretária Regiane Machado criticou a ação do prefeito e destacou que os profissionais estavam trabalhando com o objetivo de cumprirem os decretos voltados ao combate do coronavírus. “Tal situação é totalmente revoltante, por uma equipe de profissionais que saíram de casa deixando seus familiares, correndo risco de vida e prol da saúde coletiva, neste momento delicado que vivemos, serem desmoralizados, ameaçados e agredidos”, lamentou a secretária.

No ofício a secretária ainda destacou que apesar de Thales ser prefeito de Paquetá, reside na cidade de Canto do Buriti. Conforme apurado pelo GP1, o prefeito Thales é do grupo de oposição à gestão municipal de Canto do Buriti.

Outro lado

Procurado pelo GP1 neste domingo o prefeito Thales Coelho não foi localizado.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.