GP1

Coronavírus no Piauí

Jardim do Mulato recebe duas doses a menos de vacina contra covid-19

A regional de Amarante, responsável pela distribuição da vacina ao município, informou que as duas doses foram enviadas a outro município por engano.

A Prefeitura Municipal de Jardim do Mulato, localizada a 148 km de Teresina, recebeu na última quarta-feira, dia 20, duas doses a menos da CoronaVac, vacina contra a covid-19. A informação foi confirmada ao GP1 pelo prefeito da cidade, Dejair Lima (PP).

Segundo os dados da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), o município deveria receber 27 doses da vacina nesse primeiro lote, mas somente 25 chegaram a cidade nesta quarta. O prefeito ainda relatou que a mesma situação ocorreu com outras cidades que ficam na região de Amarante.

Foto: Reprodução/InstagramVacinas chegaram em Jardim do Mulato nesta quarta
Vacinas chegaram em Jardim do Mulato nesta quarta

“A vacinação começou no dia 20, foram 25 doses disponibilizadas ao município. Quando a gente foi receber as vacinas na regional de Amarante, falaram que tiveram alguns problemas e em algumas cidades faltaram uma ou duas doses, sendo Jardim do Mulato a única que retiraram duas doses”, disse o prefeito.

Esclarecimento

O próprio prefeito Dejair Lima informou, momentos depois de relatar a situação, que a regional de Amarante, responsável pela distribuição das vacinas ao município, entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde para esclarecer que as duas doses foram enviadas por engano a outro município e que serão redirecionadas a Jardim do Mulato.

“Eu entrei em contato com a secretária de saúde e ela falou que o pessoal da Regional Amarante ligou informando que tinha mandado as duas doses de Jardim do Mulato para outra cidade por engano e pediu para irmos buscar as outras duas doses. A gente tem um documento atestando que vieram as 25 doses e hoje deve vir as outras duas”, esclareceu o prefeito.

Vacinação

Dejair Lima ressaltou que a vacinação no município está ocorrendo tranquilamente e que os profissionais da linha de frente do combate a covid-19 já estão sendo imunizados.

“Os profissionais de saúde da linha de frente foram vacinados, ainda está faltando umas pessoas que estão de licença, mas mais de 90% das doses já foram aplicadas. A gente deve publicar depois o pessoal que tomou e quem ainda falta tomar”, finalizou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.