GP1

Eleições 2020

Anamelka diz que está à disposição do PL para disputar vaga na Câmara

Ainda no ano passado, a delegada foi cogitada como possível nome para compor a chapa encabeçada por Fábio Abreu como pré-candidata a vice.

A subsecretária de Segurança Pública, delegada Anamelka Cadena, disse em entrevista ao GP1 nesta quarta-feira (22), que está “inteiramente à disposição” do PL para sair candidata a vereadora de Teresina nas eleições deste ano. A declaração foi dada durante a inauguração da sede da sigla, o bairro Noivos, zona leste da capital.

Ainda no ano passado, a delegada foi cogitada como possível nome para compor a chapa encabeçada por Fábio Abreu como pré-candidata a vice. A sigla, no entanto, descartou que possa ter uma chapa pura em Teresina e o nome de Anamelka passou a ascender como pré-candidata a vereadora.

  • Foto: Alef Leão/GP1Anamelka CadenaAnamelka Cadena

“Na realidade estou totalmente, inteiramente à disposição do partido para as definições que eles fizerem. Meu nome está à disposição plenamente do partido. Vejo isso de forma positiva, é que cada vez mais a gente tem no partido representantes que tem atendido os interesses da população, que termina sendo um rebote social a aparição desses nomes”, afirmou.

Fábio Abreu

Durante o evento o secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, oficializou sua pré-candidatura à Prefeitura de Teresina e informou que agora a sigla deve intensificar as conversas com outras legendas. Em todas as pesquisas de intenção de votos o nome de Abreu aparece com grande percentual.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Fábio Abreu oficializa pré-candidatura à Prefeitura de Teresina

Fábio Abreu ainda não decidiu quando vai sair da Secretaria de Segurança

Delegada Anamelka Cadena se filia ao PL e vai disputar eleição

Coronel Carlos Augusto nega Anamelka como vice de Fábio Abreu

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.