GP1

Eleições 2020

Tererê diz que aliança entre Ciro e Mão Santa foi um “tiro no pé”

"Foi um tiro no pé, que o Ciro deu no Mão Santa. Parnaíba não reelege prefeitos, tem essa tradição e as pesquisas têm mostrado que isso vai acontecer mais uma vez", disse o ex-deputado.

O ex-deputado estadual Deusimar Brito, o Tererê (PV), recém-confirmado como vice na chapa que será liderada pelo deputado Dr. Hélio Oliveira (PL), na corrida pela Prefeitura de Parnaíba, criticou o alinhamento político entre o senador Ciro Nogueira (presidente nacional do Progressistas) e o atual prefeito do Município, Mão Santa (DEM).

Na avaliação de Tererê, foi “um tiro no pé” a chapa da situação que contará com o PP na vaga de vice de Mão Santa, por meio da indicação do vereador Beto.

  • Foto: Lucas Dias/GP1TererêTererê

“A chapa feita por Ciro e Mão Santa, não repercutiu bem na cidade. Foi um tiro no pé, que o Ciro deu no Mão Santa. Parnaíba não reelege prefeitos, tem essa tradição e as pesquisas têm mostrado que isso vai acontecer mais uma vez. Mão Santa e Beto, a população está rejeitando”, afirmou o ex-deputado.

Tererê disse que tanto ele quanto o deputado Dr. Hélio nunca administraram Parnaíba, diferente de seu adversário. “Desse lado são dois que nunca foram prefeitos. Parnaíba esperava algo novo, Dr. Hélio e Tererê representam essa novidade”, destacou o ex-deputado.

NOTÍCIA RELACIONADA

Ciro fecha acordo com Mão Santa e escolhe vereador para vaga de vice

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.