GP1

Eleições 2022

Sílvio Mendes diz que não praticou propaganda eleitoral antecipada

“Não sabia que expor a situação do Piauí e pedir apoio pra mudar era ilegal”, declarou o pré-candidato.

O pré-candidato a governador Sílvio Mendes (União Brasil) se pronunciou na noite desta quarta-feira (06) sobre parecer do Ministério Público Eleitoral (MPE), que se manifestou favorável a aplicação de multa ao ex-prefeito em representação onde ele é acusado de propaganda eleitoral antecipada.

Em entrevista ao GP1, Sílvio Mendes preferiu não se estender, apenas questionou se o fato de estar expondo a situação do estado do Piauí deveria ser considerada ilegal.

Foto: Lucas Dias/GP1Sílvio Mendes
Sílvio Mendes

“Não sabia que expor a situação do Piauí e pedir apoio pra mudar era ilegal”, declarou o pré-candidato ao Governo do Estado pela oposição.

Parecer

Nesta quarta-feira (06) o procurador Marco Túlio Lustosa Caminha se manifestou favorável à aplicação de multa aos pré-candidatos a governador e vice, Sílvio Mendes e Iracema Portella, e ao pré-candidato ao Senado, Joel Rodrigues, acusados de propaganda eleitoral antecipada.

O parecer foi juntado ao recurso interposto contra a decisão que julgou improcedente a representação eleitoral ajuizada pelo Partido dos Trabalhadores, feita com base em supostas publicações em redes sociais com pedido de voto.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.