Fechar
GP1

Esportes

Brasil perde nos pênaltis para o Uruguai e é eliminado da Copa América

Com a vitória, o Uruguai garantiu sua classificação para a semifinal contra a Colômbia.

A Seleção Brasileira foi derrotada nesse sábado (06) pelo Uruguai nos pênaltis na partida válida pelas quartas de final da Copa América de 2024, realizada nos Estados Unidos, no Allegiant Stadium, em Las Vegas. Em um jogo acirrado, a seleção uruguaia se deu melhor, vencendo nos pênaltis por 4 a 2, após um empate em 0 a 0 no tempo normal.

Com a vitória, o Uruguai garantiu sua classificação para a semifinal contra a Colômbia. Do outro lado da chave, Argentina e Canadá se enfrentarão para decidir quem avança para a grande final.

Jogo duro e poucas oportunidades

A partida foi marcada por muitas faltas e poucas chances reais de gol para ambas as seleções. Aos 28 minutos do segundo tempo, a expulsão de Nahitan Nández deixou o Brasil com um jogador a mais, o que aumentou a pressão brasileira sobre o goleiro Rochet. No entanto, isso não foi suficiente para evitar a decisão nos pênaltis.


Primeiro tempo

Durante os primeiros 45 minutos, o jogo foi marcado por divididas no meio-campo, faltas e poucas oportunidades claras. Ronald Araújo, do Uruguai, protagonizou uma confusão ao empurrar Endrick por trás, saindo lesionado poucos minutos depois. A Celeste, comandada por Marcelo Bielsa, começou pressionando, mas sem criar grandes chances. A única oportunidade clara foi um cabeceio de Darwin Núñez, que saiu pela linha de fundo. Pelo lado brasileiro, Raphinha teve a melhor chance, mas parou em uma boa defesa de Rochet.

Segundo tempo

Na segunda etapa, as duas equipes mostraram mais agressividade. Valverde aproveitou uma rebatida e finalizou, mas Alisson defendeu com segurança. Darwin Núñez também teve uma boa chance, mas Marquinhos bloqueou o chute. A expulsão de Nández aos 27 minutos da segunda etapa, após uma entrada dura em Rodrygo, deu ao Brasil uma vantagem numérica, mas a equipe de Dorival Jr. não conseguiu converter essa vantagem em gol, levando a decisão para os pênaltis.

Decisão nos Pênaltis

No tempo regulamentar, o placar permaneceu inalterado. Nas penalidades, o goleiro Rochet defendeu a cobrança de Militão e viu Douglas Luiz acertar a trave, sendo fundamental para a classificação uruguaia.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.