GP1

Maranhão

Bares e restaurantes podem abrir até as 15h no feriado em Timon

No domingo (02) após 15h, devem funcionar apenas delivery, drive-thru e take away (retirada no local).

O funcionamento do comércio em geral e shoppings em Timon, neste sábado (01), Dia do Trabalhador, está permitido das 8h às 12h, por meio de decreto municipal. Por se tratar de feriado nacional, a abertura das lojas vai depender de convenção dos lojistas.

Durante o feriado, bares, restaurantes, trailers, lanchonetes, balneários, bem como lojas de conveniência e depósitos de bebidas podem funcionar até as 15h, inclusive praças de alimentação de shoppings. Após esse horário, até o domingo (02), os estabelecimentos devem permanecer fechados com funcionamento apenas para delivery, drive-thru e take away (retirada no local).

Darlla Juliana, diretora da Vigilância Sanitária, destaca que a Força-Tarefa contra a Covid-19 vai intensificar a fiscalização na zona rural de Timon no feriado.

“Por causa do feriado que coincidiu com o fim de semana, é comum que as pessoas se reúnam em jogos esportivos pela manhã ou no fim da tarde. Vamos estar na zona rural para orientar que a população não se aglomere. Os bares podem abrir até as 15h, dentro da zona urbana. A nossa fiscalização será depois desse horário, incluindo o período noturno”, adianta Darlla Juliana.

Pontes entre Timon e Teresina

Na manhã desta sexta-feira (30), a Força-Tarefa montou barreira sanitária na Ponte da Amizade. As equipes aferem a temperatura e orientam motoristas para se protegerem contra o novo coronavírus. As medidas adotadas pela Prefeitura de Timon já vêm impactando na situação da Covid-19. Nas últimas 24 horas, não houve registro de morte pela doença na cidade.

Neste fim de semana, dias 1 e 2, a Prefeitura de Timon vai interditar a Ponte Metálica, que permanecerá fechada, reabrindo nas primeiras horas da segunda-feira (3).

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.