GP1

Mundo

Motorista de van atropela e mata 9 pessoas na cidade de Toronto

Cinco pessoas estão em estado em estado crítico, uma pessoa em estado grave e uma pessoa teve ferimentos leves.

Um acidente ocorrido nesta segunda-feira (23) em Toronto, no Canadá, deixou 9 pessoas mortas e 16 feridos no cruzamento da Rua Yonge com a Avenida Finch, por volta das 13h30. Cinco pessoas estão em estado em estado crítico, e uma pessoa em estado grave.

Uma van branca subiu e atropelou um grupo de pedestres que estava na calçada. Segundo informações do chefe da polícia, Peter Yuen, após o acidente, o motorista fugiu do local, mas depois foi localizado e preso. A sua identidade ainda não foi revelada.

A van é de propriedade da empresa Ryder, que trabalha com aluguel de veículos. “A Ryder está ciente do incidente envolvendo uma van alugada atingindo pedestres em Toronto nesta segunda. Estamos triste com este trágico evento. Levamos a segurança de toda a nossa frota muito a sério e estamos colaborando totalmente com as autoridades", informou a empresa.

  • Foto: Twitter/@waqas_mahmudVan atropela pedestres no CanadáVan atropela pedestres no Canadá

Pessoas que estavam no local contaram como a situação aconteceu. "Ouvimos um barulho de batida alto e alguém gritando", disse uma das testemunhas, que preferiu não se identificar. "Alguns quarteirões para frente tinha um homem deitado na rua. Ele tinha sido atingido por um veículo. Os sapatos dele estavam jogados longe. Claramente ele tinha sido atingido fortemente e arremessado longe", afirmou outra testemunha.

Estão sendo analisadas as circunstâncias dessa tragédia, já que algumas pessoas relataram que a forma como o veículo subiu a calçada indicava que o acidente foi intencional. “Esta pessoa estava intencionalmente fazendo isso, ele estava matando todos. Ele continuou e continuou. As pessoas foram atingidas uma depois da outra", disse uma testemunha.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.