GP1

Mundo

OPAS: casos de covid-19 nas Américas aumentaram quase 30% em novembro

As Américas seguem como a região mais afetada do mundo, com 26,8 milhões de casos e 727.679 óbitos. Em seguida, aparece a Europa, com 19,05 milhões de infecções e 426.892 vítimas da pandemia.
Por Estadão Conteúdo

Os casos de covid-19 no continente americano aumentaram quase 30% em novembro em relação a outubro, disse nesta quarta-feira, 2, a diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Carissa Etienne.

"No mês de novembro, tivemos mais de seis milhões de novos casos registrados nas Américas, um aumento de quase 30% em relação aos números do final de outubro", disse Etienne em entrevista coletiva, observando que a América do Norte bateu recordes de infecções diárias.

As Américas seguem como a região mais afetada do mundo, com 26,8 milhões de casos e 727.679 óbitos. Em seguida, aparece a Europa, com 19,05 milhões de infecções e 426.892 vítimas da pandemia.

Nas últimas 24 horas, no entanto, o número total de casos registrados em todo o mundo foi o menor desde o dia 10 de novembro, informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) também nesta quarta-feira. Foram 460.376 novas infecções.

Este foi o quinto dia consecutivo de queda global do contágio, isso depois do registro de 636.665 casos no último domingo, quando foi encerrada uma sequência de alta, de acordo com balanço publicado no site da OMS.

Desde o início da pandemia, o planeta já teve o total de 63.360.234 infecções confirmadas pelas autoridades nacionais de saúde, que informam os dados à agência, e 1.475.825 mortes.

Os pacientes recuperados, de acordo com a OMS, chegaram a 44,7 milhões. Além disso, há 18,2 milhões de casos ativos, sendo que 0,6% se referem a pessoas que estão em estado grave ou crítico.

NOTÍCIA RELACIONADA

Vacina ideal contra covid-19 deve ser dose única, diz Ministério da Saúde

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.