GP1

Mundo

Covid-19: Buenos Aires ordena a abertura de escolas

Fernandez criticou a decisão do juiz em entrevista ao site de notícias “El Destape''.
Por Estadão Conteúdo

As escolas na capital argentina, Buenos Aires, serão abertas na manhã desta segunda-feira,19. A decisão aconteceu após o tribunal ter rejeitado uma ordem federal que exigia que as aulas permanecessem on-line por duas semanas em meio a um aumento de casos que quase levou os hospitais ao colapso.

O juiz de Buenos Aires decidiu a favor de uma ação movida por pais e algumas turmas de professores da cidade, exigindo a anulação imediata de um decreto que suspendia por 15 dias as aulas presenciais na região da capital.

A decisão provavelmente aumentará as tensões políticas entre o presidente Alberto Fernandez, que disse que o fechamento da escola era necessário para domar os casos que crescem rapidamente na cidade, e o governo de Buenos Aires, liderado pela oposição, que fechou a medida.

Fernandez criticou a decisão do juiz em entrevista ao site de notícias “El Destape'', na noite de domingo, 18. “Eles estão tomando medidas que são de domínio exclusivo da justiça federal”, disse Fernández à mídia.

O prefeito de Buenos Aires, Horacio Rodriguez Larreta, que faz parte da oposição política, já havia se comprometido a fazer todo o possível para manter as escolas abertas. "Tomamos decisões com base nos dados”, disse, em entrevista coletiva.

A Argentina, como muitos outros países da América Latina, está sendo atingida por uma feroz segunda onda de casos. A nação sul-americana registrou um recorde diário de 29.472 novos casos de coronavírus na última sexta-feira.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.