GP1

Mundo

Príncipe Philip morre aos 99 anos no Reino Unido

Sua morte foi anunciada pelo Palácio de Buckingham, que disse “que ele faleceu pacificamente”.
Por Estadão Conteúdo

O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, pai do príncipe Charles e patriarca de uma turbulenta família real que ele ajudou a estabilizar, morreu na sexta-feira no Castelo de Windsor, na Inglaterra. Ele tinha 99 anos.

Sua morte foi anunciada pelo Palácio de Buckingham, que disse “que ele faleceu pacificamente”. Philip foi hospitalizado várias vezes nos últimos anos devido a várias doenças, a última delas em fevereiro, disse o palácio. A rainha e o príncipe Philip receberam suas primeiras doses da vacina contra o coronavírus em janeiro.

Ele morre no momento em que o Palácio de Buckingham está novamente em turbulência, desta vez por causa da entrevista explosiva de Oprah Winfrey na televisão com o neto de Philip, o príncipe Harry e sua esposa, Meghan, em 7 de março, quando o casal, em exílio auto-imposto na Califórnia, acusou a monarquia de racismo e crueldade contra membros da família real.

Como “o primeiro cavalheiro na terra”, Philip tentou conduzir até o século 20 uma monarquia incrustada com os ornamentos do século 19. Mas como a pompa foi ofuscada pelo escândalo, como os casamentos reais foram seguidos por divórcios sensacionais, sua missão, segundo ele, mudou. Agora era para ajudar a preservar a própria coroa.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.