GP1

Mundo

Joe Biden anuncia envio de 20 milhões de doses de vacinas a outros países

As doses incluem imunizantes contra a covid-19 da Pfizer, da Janssen e da Moderna.
Por Estadão Conteúdo

O presidente americano, Joe Biden, deve anunciar nesta segunda-feira, 17, o envio de 20 milhões de vacinas já aprovadas pelo Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês) a outros países. As doses incluem imunizantes da Pfizer, da Janssen e da Moderna.

Biden vinha sendo pressionado a doar vacinas que não estão sendo usadas nos Estados Unidos para combater a pandemia em países pobres e afetados por variantes perigosas.

No começo do mês, o líder americano abriu a possibilidade de enviar esas vacinas ao País. Em outro sinal de flexibilização na política de reservas vacinas ao mercado americano, Biden apoiou a quebra de patentes de imunizantes contra a covid-19.

Num primeiro momento, esperava-se que 60 milhões de doses da Astrazeneca, que ainda não foi aprovada nos EUA, fossem doadas. Segundo fontes da Casa Branca, as doações serão definidas pela força-tarefa do coronavírus e o Conselho de Segurança Naciona, sob assessoria do Departamento de Estado.

Biden tem sido pressionado para doar as vacinas num momento em que a oferta tem superado a demanda de vacinação dentro dos Estados Unidos e a pandemia está fora do controle na América Latina e no sul da Ásia.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.