GP1

Mundo

EUA apostam no viajante brasileiro após reabertura de fronteiras

Mesmo com as variantes e o dólar alto, setor de turismo investe em promoções e roteiros para brasileiros.
Por Estadão Conteúdo

Dólar beirando R$ 6, passagens aéreas caras e milhares de viajantes com visto americano vencido não se transformaram em barreira para os brasileiros que desejam ir aos Estados Unidos. Pelo contrário: os quase dois anos de pandemia os deixaram com saudade do país.

Por isso, destinos e atrações de diferentes estados americanos continuam investindo em novidades e operadoras de viagem apostam em diferentes pacotes. Afinal, o Brasil está entre os 10 países que mais visitam os Estados Unidos, de acordo com o último relatório da Brand USA, divulgado em 2020. O documento mostra que os brasileiros continuam privilegiando regiões como Flórida (58,12%) e Nova York (22,52%), o que representa uma grande oportunidade para diferentes setores do turismo no país. Para 2022, mesmo com as restrições (e a ameaça de novas variantes, como a Ômicron), espera-se um cenário otimista.

Nova York

As estatísticas conduzem para novidades e novos investimentos. Na área hoteleira, por exemplo, a cidade de Nova York anunciou no último dia 3 de janeiro o lançamento da NYC Hotel Week, que concede descontos de 22% em mais de 110 hotéis. A promoção tem validade até 13 de fevereiro e coincide com o NYC Winter Outing, uma série de promoções que incluem programas em restaurantes, shows e museus.

"O evento apoia hotéis em cinco bairros da cidade e incentiva visitantes e nova-iorquinos a aproveitarem os melhores hotéis num período de menor movimento", explica Fred Dixon, President and CEO da NYC & Company, escritório de turismo da cidade de Nova York.

Além disso, para atualizar os turistas sobre os espetáculos em plena pandemia, a The Broadway League, associação que representa essa indústria, lançou o site BwayToday.com para o público conferir diariamente as atrações abertas. A novidade, que tem versão em português, ajuda no planejamento do viajante.

Flórida

Na Flórida, principal destino dos brasileiros, além das comemorações do 50º aniversário da Walt Disney World, o Estado celebra a abertura de novas atrações, hotéis e restaurantes.Entre as atrações do parque, o lançamento de Guardians of the Galaxy: Cosmic Rewind, no Epcot, promete fazer barulho. Será uma exposição semelhante a um planetário que inclui uma montanha-russa que gira 360 graus e coloca os visitantes no centro da ação.

Em fevereiro, o Sea World inaugura uma montanha-russa inspirada no Ártico, a Ice Breaker. O brinquedo radical contará com quatro arremessos, um deles reverso na queda mais íngreme e vertical da Flórida, com um pico de 28,3 metros de altura.

No Sul, em roteiros de carro para brasileiros

Aproveitando o interesse pelo ensolarado destino da Flórida, 12 estados do sul dos Estados Unidos e que compõem a Travel South USA também se empenham no flerte com os brasileiros. De acordo com Allan Colen, da River Global, empresa que representa os destinos em São Paulo, os estados sulistas têm roteiros que podem ser facilmente incluídos em viagens tradicionais pelos Estados Unidos.

"Com a pandemia, o brasileiro está buscando experiências mais personalizadas e seguras, como as viagens de carro. Por isso, é possível oferecer diferentes rotas a partir de destinos já conhecidos”, afirma Allan Colen.

A explicação da Travel South USA faz sentido quando se conhece os pacotes criados pelas operadoras nos últimos tempos. Conforme Vilmara Souza, coordenadora de produtos internacionais da Agaxtur, explica, roteiros de carro com combinações de diferentes cidades são os mais procurados. A operadora trabalha desde 2018 com itinerários pelo Sul e o mais solicitado é a Rota da Música, passando por Atlanta, Nashville e New Orleans.

Percorrer estradas cinematográficas e a oportunidade de dirigir carros diferenciados compõem um imaginário mágico, que torna a viagem uma experiência diferente, acredita Gabriel Cordeiro, gerente geral da BWT Operadora. Na empresa, além dos tradicionais pacotes Fly and Drive, algumas famílias optam por viagens de motorhome. Os pacotes têm duração de 8 a 16 dias e incluem veículo com pacote de milhas ilimitadas, taxas locais e valores a partir de U$1.469 por motorhome.

"As pessoas geralmente escolhem esses pacotes para terem autonomia, liberdade e flexibilidade. É uma experiência diferenciada e o custo benefício é excelente se você considerar que pode viajar em 5 ou até 7 pessoas", explica Gabriel Cordeiro.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.