Fechar
GP1

Mundo

Alpinista brasileiro desaparecido no Peru está morto, afirma amigo

Desaparecido desde do dia 30 de junho, Marcelo Delvaux morreu após cair em uma greta no Nevado Coropuna.

Desaparecido desde do dia 30 de junho, o alpinista brasileiro Marcelo Motta Delvaux morreu após cair em uma greta no Nevado Coropuna, no Peru. A informação foi confirmada por um amigo do mineiro, ao Portal Uol.

Natural de Juiz de Fora, em Minas Gerais, Marcelo Delvaux estava escalando o Nevado Coropuna, um vulcão localizado em Arequipa, com uma altitude de cerca de 6.300 metros, quando desapareceu.

Foto: Reprodução/InstagramMarcelo Delvaux, alpinista brasileiro
Marcelo Delvaux, alpinista brasileiro

De acordo com os amigos de Delvaux, ele parou de enviar sinais de movimento pelo GPS durante a subida para o vulcão. O guia da montanha, Pedro Hauck, afirmou que o brasileiro iniciou a descida no dia 30 de junho, por volta das 15h. A partir disso, o GPS que o alpinista usava indicou a mesma posição e o brasileiro não deu mais notícias.

Para buscar o paradeiro de Marcelo Delvaux, sua família acionou uma equipe especializada para vasculhar a área indicada pelo GPS. Nesse sábado (06), a barraca do brasileiro foi encontrada. “Marcelo já escalou este vulcão várias vezes, incluindo o local onde desapareceu. Ele é um dos guias de montanha mais experientes da América do Sul”, disse Pedro Hauck.


Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.