Mundo

66% das pessoas hospitalizadas por covid-19 em Nova York estavam em casa

A informação foi confirmada pelo governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, em um pronunciamento oficial.

Thais Guimarães
Teresina
- atualizado

O médico e deputado federal Osmar Terra (MDB) compartilhou um vídeo em seu perfil no Twitter de um pronunciamento, feito nesta quarta-feira (06), pelo governador de Nova York, Andrew Cuomo, onde ele apresenta dados mostrando que 66% das pessoas hospitalizadas recentemente por covid-19 (coronavírus) no estado estavam cumprindo isolamento em casa.

“Vejam a entrevista impressionante do governador de Nova York, o Estado mais atingido no mundo pela epidemia da Covid19. 20.000 mortos! Dá uma informação que todos Governadores brasileiros deveriam saber... para acabar de uma vez com essa quarentena inútil”, declarou Osmar Terra ao compartilhar o vídeo nesta quinta-feira (06).

O governador de Nova York iniciou o vídeo falando sobre as especulações que têm surgido em relação à quarentena. “Isso é uma surpresa, a maioria esmagadora das pessoas estava em casa. Tem havido muita especulação a respeito disso (lockdown), muitas pessoas opinando, muitas pessoas argumentando o que elas pensam e onde deveríamos estar focando”, diz o gestor no vídeo.

Para o governador, tal resultado é surpreendente. “Se notar, 18% das pessoas vieram de asilos, menos de 1% veio da cadeia ou prisão, 2% vieram da população de moradores de rua, 3% de outras instalações congregadas, mas 66% das pessoas (hospitalizadas) estavam em casa. O que é chocante para nós”, colocou.

Andrew Cuomo afirmou ainda que a maioria das pessoas infectadas eram aposentadas ou desempregadas, ou seja, não contraíram o vírus no exercício de algum trabalho.

“Eles estavam trabalhando? Não, eles eram aposentados ou desempregados. Apenas 17% estavam empregados. Estávamos pensando que talvez encontraríamos uma porcentagem maior de empregados essenciais, [que] estavam ficando doentes porque estavam indo para o trabalho, que talvez fossem enfermeiras, médicos trabalhadores do trânsito, e este não é o caso. Eles estavam predominantemente em casa”, finalizou.

Atualmente os Estados Unidos possuem mais de 1,2 milhão de casos confirmados de covid-19. Somente em Nova York, mais de 25 mil pessoas já morreram em decorrência da doença, e mais de 70 mil estão hospitalizadas.

Mais conteúdo sobre: