Altos - PI

Acidente que matou dono das lojas 'Tudo é 10' foi causado por caminhoneiro

Outras três vítimas foram encaminhadas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Municipal de Altos com ferimentos leves.

Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

O acidente envolvendo uma Range Rover e um caminhão que deixou o empresário Jackson Kennedy Jacome de Lira, de 41 anos, morto e outras três pessoas feridas na manhã desta sexta-feira (30), na BR 343 entre Altos e Campo Maior, foi provocado pelo condutor do veículo de carga no momento que ele perdeu o controle do caminhão ao passar por buracos na via, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Jackson era proprietário do Grupo JK, detentor da rede de lojas "Tudo é 10". As outras três vítimas (esposa, filho e babá) foram encaminhadas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), para o Hospital Municipal de Altos, com ferimentos leves.

  • Foto: Reprodução/WhatsAppVeículo ficou totalmente destruídoVeículo ficou totalmente destruído

Segundo a PRF-PI, os policiais verificaram através de vestígios e da declaração do caminhoneiro que ele perdeu o controle da direção devido a buracos na rodovia. Em seguida ele invadiu a faixa contrária momento em que ocorreu a colisão com o veículo de passeio, que bateu na lateral do caminhão e acabou colidindo em uma árvore. O motorista da Range Rover teve morte imediata.

Ainda de acordo com a PRF, o condutor do caminhão foi submetido ao teste de alcoolemia e o resultado deu negativo para a ingestão de álcool.

A área foi isolada até a chegada da perícia. O corpo da vítima foi removido pelo Instituto de Medicina Legal (IML).

NOTÍCIA RELACIONADA

Colisão entre caminhão e Range Rover deixa um morto na BR 343