Água Branca - PI

Acusada de matar a prima em Água Branca alega legítima defesa

A adolescente de 13 anos foi transferida para o Centro Educacional Feminino, em Teresina, após ser apresentada no Ministério Público Judiciário.

Laura Moura
Teresina
- atualizado

A adolescente identificada pelas iniciais A. P. S., de apenas 13 anos, apreendida na manhã desta quinta-feira (09), acusada de ter assassinado a prima de 17 anos, identificada como Ana Vitória, no município de Água Branca, confessou o crime. Durante o depoimento, a garota revelou também que agiu por ‘legítima defesa’.

  • Foto: Divulgação/WhatsappAna Vitória foi assassinada pela primaAna Vitória foi assassinada pela prima

O delegado Otony Neto, da Polícia Civil de Amarante, é responsável pelo caso e classificou o desentendimento entre elas como algo ‘banal’. “Foram discussões, ao meu ver, banais, mas parece que existia um certo desentendimento entre elas, só nenhuma motivação mais relevante não”, contou.

Ainda na quinta-feira (09), a adolescente de 13 anos foi transferida para o Centro Educacional Feminino, em Teresina, após ser apresentada no Ministério Público Judiciário.