Caracol - PI

Acusado de assassinar mulher a facadas em Caracol é preso

O suspeito é vizinho da vítima e foi preso em sua própria casa, onde foi encontrado o material utilizado para realizar o crime, como facão e roupas sujas de sangue.

Davi Fernandes
Teresina
Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

Foi preso, nesta quinta-feira (20), um homem identificado como João Batista Pereira da Rocha, acusado de assassinar Gildete Moreira dos Santos, 54 anos, que foi encontrada com perfurações de arma branca em uma estrada na manhã de ontem, na localidade Poço dos Cachorros, no munícipio de Caracol.

A prisão foi realizada em conjunto pela Polícia Civil e Militar de São Raimundo Nonato. O suspeito é vizinho da vítima e foi preso em sua própria casa, onde foi encontrado o material utilizado para realizar o crime, um facão e roupas sujas de sangue.

“O acusado do crime deixou cair um lenço no local onde o corpo da vítima foi encontrado. Minutos depois recebemos uma denúncia anônima, com o nome do dono do lenço. Fomos até a casa dele, e ao chegar lá a gente encontrou um facão e roupas sujas de sangue, pedi explicações ao suspeito e ele desconversou, então eu dei voz de prisão em flagrante”, relatou o sargento Erivaldo, comandate da Polícia Militar em Caracol.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Polícia Civil Polícia Civil

Ainda de acordo com o comandante, João Batista voltou ao local do crime e acompanhou toda a perícia no local. “Quando o irmão dela encontrou o corpo, ele pediu socorro, e o acusado como mora em frente ao local do crime, foi até ele e perguntou o que tinha acontecido, como se não soubesse de nada. Além disso, ele permaneceu lá até a retirada do corpo da vítima”, finalizou o PM.

João Batista Pereira da Rocha foi encaminhado à Delegacia Regional de Polícia Civil de São Raimundo Nonato, para a realização dos procedimentos cabíveis ao caso.

Entenda o caso

Gildete Moreira Dos Santos, 54 anos, foi assassinada a facadas e seu corpo foi encontrado na manhã dessa quinta-feira (20), por volta de 7h na localidade Poço dos Cachorros, no munícipio de Caracol.

O subcomandante do 11º Batalhão da Polícia Militar do Piauí (BPM) de São Raimundo Nonato, capitão Ivanaldo, informou ao GP1 que os policiais de Caracol foram acionados após o irmão da vítima relatar que o corpo dela estaria em uma estrada vicinal na cidade.

Ainda de acordo com o capitão Ivanaldo, após receberem a informação de que o corpo da vítima foi encontrado na localidade Poço dos Cachorros, os policiais se deslocaram até o ponto e constataram que Gildete Moreira sofreu duas perfurações de arma branca, sendo uma na perna e outra no pescoço. “O policiamento do GPM foi até o local indicado e pôde constar a veracidade da denúncia, onde o corpo da vítima estava estendido ao chão com duas perfurações, provavelmente por faca, uma na perna e outra no pescoço”, destacou.

NOTÍCIA RELACIONADA

Mulher de 54 anos é assassinada a facadas no município de Caracol