Teresina - PI

Acusado de atirar em travesti é novamente apreendido em Teresina

O adolescente de 13 anos é acusado de assaltar um vigilante na região do bairro Piçarra.

Laura Moura
Teresina
- atualizado

Nesta segunda-feira (29), um adolescente de 13 anos foi apreendido acusado de assaltar um vigilante na região do bairro Piçarra, zona sul de Teresina. Ele é suspeito também de ter atirado na travesti Mikaela Oliveira, no dia 2 de fevereiro deste ano.

De acordo com o delegado Mamede Rodrigues, titular do 6º Distrito Policial, além dele um outro adolescente foi apreendido por ter envolvimento com a ação criminosa. O acusado de atirar em Mikaela foi entregue pelo comparsa. “Houve um roubo na área do 6º DP. Foi apreendido um adolescente e ele relatou a participação desse outro jovem”, comentou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Delegado Mamede RodriguesDelegado Mamede Rodrigues

A ação aconteceu em conjunto dos policiais do 6º DP e da Delegacia de Segurança e Proteção ao Menor. Há a suspeita de ter a participação de um terceiro adolescente, entretanto, o caso ainda está sendo investigado.

Entenda o caso

No dia 2 de fevereiro, uma travesti identificada como Mikaela Oliveira foi baleada com um tiro no olho esquerdo. Ela foi encontrada em frente ao Quartel do Corpo de Bombeiros, localizado na Avenida Miguel Rosa, no bairro Piçarra, zona sul de Teresina.

O adolescente foi apreendido no dia 10 de maio deste ano e a investigação apontou que se tratou de crime de homofobia. A vítima perdeu a visão do olho esquerdo devido ao disparo.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Investigação aponta homofobia contra travesti baleada em Teresina

Travesti baleada em Teresina passa por cirurgia para retirar olho

Adolescente de 12 anos é acusado de atirar em travesti em Teresina

Mais conteúdo sobre: