Teresina - PI

Acusado de furtar motocicletas no centro de Teresina é preso

De acordo com informações de populares, Neto já furtou mais de 20 motocicletas perto do Ifpi.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

Um homem identificado apenas como Neto foi preso na última quinta-feira (10) pela Polícia Militar após furtar uma motocicleta no Centro de Teresina. O acusado foi levado para a Delegacia de Polícia Interestadual do Piauí (Polinter) e é investigado por outros furtos.

Neto foi perseguido por uma guarnição da Polícia Militar e foi preso em flagrante em uma das pontes que dá acesso à cidade de Timon, no Maranhão. De acordo com o delegado Everton Férrer, da Polinter, Neto já é conhecido pela polícia e costumava levava as motocicletas furtadas para o estado vizinho.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Delegado Everton Férrer em entrevista ao GP1Delegado Everton Férrer em entrevista ao GP1

“Ele já é conhecido pela Polinter e é investigado por outras situações. O flagrante dele veio para a Polinter e acredito que esteja sendo analisado ainda pelo delegado Jorge Ferreira e o delegado deve indiciá-lo pela questão do furto. Mas as investigações a respeito dos outros furtos continuam, então ele pode vir a ter outros mandados de prisão no futuro”, afirmou o delegado.

20 furtos

A professora do Instituto Federal do Piauí (Ifpi), Evangelina Sousa, entrou em contato com o GP1 e denunciou que o acusado é conhecido na região da unidade. Segundo a professora, Neto já roubou mais de 20 motocicletas nas proximidades das ruas Quintino Bocaiúva e Álvaro Mendes.

“Você imagina o que é um pai de família não ter condição de ir trabalhar porque está a pé. Nós temos alunos que desistiram do curso no IFPI porque não tinha condição de ir para a escola. Teve gente que o pai ou alguém da família teve que ir buscar porque não tinha como ir embora”, contou Evangelina