São Julião - PI

Acusado de matar mulher a facadas em São Julião é preso em hospital

A informação foi confirmada pela titular da Delegacia de Polícia Civil de Fronteiras, delegada Maria Robianne.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Um homem identificado como Jonatas de Brito Silva, foi preso acusado de assassinar Joana Maria de Brito a facadas em São Julião. A prisão do suspeito ocorreu em um hospital na cidade de Quixeramobim (CE) nesta segunda-feira (10). A informação foi confirmada pela titular da Delegacia de Polícia Civil de Fronteiras, delegada Maria Robianne.

Jonatas é acusado de ter cometido o crime no dia 4 de junho por volta de 23h, na localidade de Fujona, zona rural de São Julião. Conforme a PM de São Julião, familiares relataram que o acusado tinha um relacionamento amoroso com Joana, os dois tem dois filhos e frequentemente brigavam, devido aos ciúmes de Jonatas.

O corpo da vítima foi encontrado no interior de sua residência com perfurações de facadas. “Fomos informados que a pessoa de Joana estava em óbito no interior de sua residência na localidade Fujona. Ao chegar no local constatamos o fato. Ela foi morta a facadas", relatou o sargento Xavier, comandante da Polícia Militar de São Julião.

Jonatas e a vítima tiveram uma luta corporal e devido a um ferimento precisou de atendimento médico e ficou internado no hospital de Quixeramobim, onde a Polícia Civil de Fronteiras conseguiu realizar a prisão.

NOTÍCIA RELACIONADA

Jovem de 20 anos é assassinada a facadas em São Julião

Mais conteúdo sobre: