Agricolândia - PI

Acusados de latrocínio em São Pedro do Piauí são presos pela PM

Conforme o tenente-coronel Cordeiro, do 18º Batalhão da Polícia Militar, os suspeitos são ex-presidiários e ainda não foram identificados.

Davi Fernandes
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Os dois acusados assassinar uma mulher identificada como Maria do Socorro Mendes Pinho, 55 anos, foram presos nesta quinta-feira (02), no povoado Vaca Morta, localizado na zona rural de Agricolândia.

Conforme o tenente-coronel Cordeiro, comandante do 18º Batalhão da Polícia Militar, os suspeitos são ex-presidiários e ainda não foram identificados. Após terem realizado o crime, os acusados fugiram e se esconderam em um matagal.

“Eles são ex-presidiários, ainda estão investigando as identificações deles. Eles foram presos em Agricolândia, uma equipe da Força Tática de Água Branca, com o apoio do Grupamento de Policiamento de Barro Duro e Agricolândia conseguiram prender eles. Na fuga, os dois estavam em duas motos, uma era da vítima. Eles viram a polícia, abandonaram as motos e se esconderam em um matagal”, informou o comandante.

  • Foto: Divulgação/PM-PIPopulação de Agricolândia aguarda chegada da dupla acusada de latrocínio em São Pedro do PiauíPopulação de Agricolândia aguarda chegada da dupla acusada de latrocínio em São Pedro do Piauí

Os acusados foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Agricolândia e em seguida vão ser encaminhados para a Polícia Civil de Água Branca, onde ficarão à disposição da Justiça.

Terceiro suspeito

Ainda conforme o comandante do 18º Batalhão da Polícia Militar, um terceiro homem também foi preso. Ele é suspeito de ter auxiliado a dupla acusada de assaltar e matar Maria do Socorro. Segundo o tenente-coronel Cordeiro, “ele deu apoio com a motocicleta e a emprestou para a dupla fazer o assalto”, acrescentou.

Entenda o caso

Uma mulher identificada como Maria do Socorro Mendes Pinho, 55 anos, foi assassinada a tiros na tarde desta quinta-feira (02) ao reagir a um assalto no Povoado Serra Azul, zona rural do município de São Pedro do Piauí, região do Médio Parnaíba.

De acordo com o tenente-coronel Cordeiro, comandante do 18º Batalhão da Polícia Militar, o crime foi registrado por volta de 16h, quando a vítima se deslocava em sua moto, modelo Honda Bros, e foi abordada por dois homens. Ao resistir em entregar o veículo para os assaltantes, um dos suspeitos disparou no rosto de Maria do Socorro. “A vítima resistiu a entregar a sua motocicleta para os assaltantes e eles atiraram na face dela, a bala atingiu o cérebro da vítima, que foi a óbito”, explicou o comandante.

Antes de morrer, Maria do Socorro ainda foi socorrida e levada Hospital de São Pedro do Piauí, mas não resistiu aos ferimentos.