Política

Assis Carvalho diz não reconhecer candidatura de Gil Carlos

Com o interesse de Regina Sousa (PT) de disputar a reeleição, o deputado federal destacou que apenas a candidatura da senadora é legítima.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

Em entrevista ao GP1, o deputado e presidente estadual do PT, Assis Carvalho, disse não reconhecer a candidatura ao Senado do presidente da APPM, o prefeito de São João do Piauí Gil Carlos (PT).

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Gil CarlosGil Carlos

O surgimento de Gil Carlos como um possível nome do PT ao Senado tem causado atritos. Logo após o GP1 divulgar a informação que vários prefeitos estariam se mobilizando pela candidatura do prefeito de São João do Piauí, Assis Carvalho afirmou ter conversado com Gil Carlos e que ele teria desmentido esse interesse pela disputa.

Já Gil Carlos negou que tenha conversado com Assis e “brincou” ao sugerir que essa suposta conversa deve ter ocorrido apenas na imaginação de Assis Carvalho. Com o interesse de Regina Sousa (PT) de disputar a reeleição, o deputado federal destacou que apenas a candidatura da senadora é legítima.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Deputado Assis CarvalhoDeputado Assis Carvalho

“Eu não reconheço a candidatura do Gil Carlos dentro do partido. Só tem uma candidatura dentro do PT, tirada das instâncias, e ela é da senadora Regina Sousa”, destacou o presidente estadual do PT.

Assis Carvalho disse ainda que o partido não irá interferir na disputa entre o Progressistas e o MDB pela vaga de vice. Ciro Nogueira chegou a pedir respeito aos aliados em relação ao seu partido, destacando a força política do Progressistas no Piauí.

“Ele tem que dialogar com os aliados. Eu acho que o senador Ciro tem todo o direito de lutar pelo espaço que é do seu partido e dialogar com as vagas que caberão aos aliados. Eu pretendo discutir apenas a candidatura da Regina e do Wellington Dias. Os demais aliados, precisam se sentar e chegarem as suas conclusões”, destacou