Entretenimento

Avião que levava Marília Mendonça é interditado em São Paulo

Na semana passada a Anac interditou as aeronaves da dupla Maiara e Maraisa e do cantor Amado Batista.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

Um avião que levava a cantora Marília Mendonça foi interditado no último domingo (20) por estar em situação irregular. A interdição da aeronave se deu por volta das 9h10, quando a cantora, que vinha de Fortaleza, no Ceará, posou em solo firme no aeroporto de Jundiaí, em São Paulo.

  • Foto: Author FelipeBonnetMarília MendonçaMarília Mendonça

Os fiscais da empresa Voa-SP, que administra o aeroporto de Jundiaí, levaram o jatinho para o hangar e decidiram que ele só sairá de lá após a regulamentação. A aeronave é de uma empresa particular, possivelmente fretada pela cantora sertaneja.

Além da cantora, estavam na aeronave também outros quatro integrantes da equipe e os pilotos, que tiveram a habilitação suspensa. Para liberar os passageiros e os pilotos foi necessário aguardar a chegada de fiscais da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Mesmo com a interdição da aeronave, Marília cumpriu sua agenda e realizou um show com a dupla Maiara e Maraisa no Parque da Uva. Na semana passada a Anac também interditou a aeronave das irmãs, por indícios de suspeita de táxi-aéreo clandestino. O avião do cantor Amado Batista também foi interditado na semana passada por irregularidades.

Mais conteúdo sobre: