Teresina - PI

Bazar Solidário em Teresina vende produtos apreendidos pela Receita

O bazar está sendo organizado pela Associação Bem Estar do Menor de Esperantina (Amare), pela Apae de José de Freitas e a Associação Daniel Comboni em Timon.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

Começou nesta terça-feira (2) um Bazar Solidário que está sendo realizado em Teresina com produtos apreendidos pela Receita Federal. O bazar está sendo organizado pela Associação Bem Estar do Menor de Esperantina (Amare), pela Apae de José de Freitas e a Associação Daniel Comboni em Timon. Todo o valor arrecadado irá ajudar essas instituições.

O Bazar Solidário será realizado até o dia 6 de janeiro, na Rua Barroso nº 66, no Centro de Teresina. Para entrar no local onde estão sendo vendidos os produtos, é necessário o pagamento de R$ 5 e o horário de funcionamento é de 8h às 18h.

  • Foto: DivulgaçãoBazar SolidárioBazar Solidário

Johannes Skorzak, mais conhecido como João Alemão, fundador da Amare Brasil, afirmou que os produtos que estão sendo vendidos foram apreendidos pela Receita Federal e estão com preços bem abaixo do mercado. Estão sendo vendidos perfumes, eletrônicos, peças de vestuário, produtos de pesca, brinquedos e maquiagens. Só é permitida a compra de até R$ 1 mil em produtos por pessoa.

“O bazar está acontecendo na Rua Barroso, próximo ao cruzamento com a Rua Paissandu. O nosso objetivo é angariar fundos para essas instituições. A Amare cuida de 480 crianças e adolescentes em Esperantina. Temos ainda a Apae de José de Freitas e a Associação Daniel Comboni em Timon que também serão ajudadas. É uma doação da Receita Federal e temos, por exemplo, casacos de couro que são vendidos no comércio por R$ 250 e que são vendidos no bazar por R$ 50”, disse João Alemão.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Johannes Skorzak, O Alemão Johannes Skorzak, O Alemão
Mais conteúdo sobre: