Santos - SP

Bebê que nasceu com 510 g recebe alta após 6 meses em Santos

Felipe Augusto Ferreira da Silva deixou a unidade de saúde com 2,095 kg e 41cm.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Um bebê que nasceu com apenas 510g e 26 cm recebeu alta nessa segunda-feira (11), depois de passar 6 meses internado no Complexo Hospitalar dos Estivadores, na cidade de Santos, litoral do estado de São Paulo. Felipe Augusto Ferreira da Silva deixou de receber nutrientes na barriga da mamãe, Cristiane Ferreira da Silva, de 40 anos, e a única alternativa para salvá-lo foi realizar o parto de forma prematura na 24ª semana de gestação.

Ele deixou a unidade de saúde com 2,095 kg e 41cm. "Sinto como se fosse o final de um filme. Foram muitas emoções, boas e ruins, momentos em que precisamos ter muita fé e esperança. Agora, vem um novo começo", disse Cristiane ao G1. Ela teve um problema no sangue e na placenta, que fez com que o feto não pudesse mais receber os nutrientes para se desenvolver.

  • Foto: Divulgação/Prefeitura de SantosPais comemoram alta do filho em SantosPais comemoram alta do filho em Santos

Segundo a coordenadora da UTI Neonatal e da Neonatologia do Hospital dos Estivadores, Teresa Maria Uras Belém, prematuros como Felipe, que nascem entre a 24ª e 26ª semana de gestação, podem ter risco maior de complicações na respiração, visão e no sistema neurológico.

"O sucesso da alta de um prematuro depende de vários fatores, como a equipe, o hospital, a tecnologia e a inserção da família nos cuidados. Não adianta querer deixar os pais distantes, porque eles devem estar preparados para o momento da alta. Os bebês prematuros devem ter acompanhamento multiprofissional até os três primeiros anos de vida", explicou.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB