Piauí

Cadeirantes estão há 20 anos esperando por asfalto no Parque Ideal

A Semduh informou que iniciou na segunda-feira (15), o asfaltamento de 14 vias do Parque Ideal e a rua Anselmo Peretti está entre as beneficiadas.

- atualizado

Cadeirantes sofrem com dificuldade de locomoção em rua

Quatro cadeirantes que moram na rua Anselmo Peretti, no Parque Ideal, zona sudeste de Teresina, esperam há cerca de vinte anos pelo asfaltamento da rua onde elas residem. Cansadas de esperar por uma solução do prefeito Firmino Filho, que em todas as eleições promete o tão sonhado asfalto, as cadeirantes resolveram denunciar ao GP1 o descaso e o abandono do Poder Público e relataram como é o dia a dia de uma pessoa que não pode se locomover em sua própria rua.

O GP1, foi na tarde desta segunda-feira (15), na rua Anselmo Peretti, e conversou com três das quatro cadeirantes que residem na rua. A dona Graça, de 65 anos de idade, não se encontrava em sua residência.

Ana Paula, que é filha da cadeirante Maria Gomes de Araújo, 92 anos de idade, contou que sua mãe há oito anos não consegue visitar as amigas na vizinhança, porque o calçamento impossibilita o deslocamento em cadeira de rodas. "O dinheiro só dá para pagar o carro que leva ela ao médico, ir em outros lugares é impossível, o máximo que conseguimos colocar a cadeira de rodas é na calçada de casa", relatou a filha.

A segunda cadeirante, Antônia Kerliane, tem 37 anos de idade e desde criança usa cadeira de rodas. Ela tem um problema na fala, por isso o GP1 conversou com sua irmã, Simone Araújo, 40 anos. Ela contou que a luta é árdua e fica mais complicado ainda com a falta de calçamento na rua. "Minha irmã conhece todo mundo nessa rua, mas ela não pode visitar ninguém, por conta que a cadeira de rodas não vai nem para a frente e nem para trás por conta desse calçamento de pedra de jacaré. O único lazer dela é ir ao médico", contou Simone Araujo.

A terceira cadeirante ouvida pelo GP1 foi Rosa Maria de Oliveira, 70 anos. Ela usa cadeira de rodas há vinte anos. Ela contou que é devota de Nossa Senhora da Conceição, mas nem a igreja pode ir. "A Igreja de Nossa Senhora da Conceição fica em uma distância de 150 metros aqui da minha casa, mas eu não posso ir por conta desse asfalto que as autoridades só prometem e nunca chega em nossa rua", lamentou Dona Rosa Maria.

Presidente da Associação dos Cadeirantes se manifesta

O presidente da Associação dos Cadeirantes do Município de Teresina (ASCAMTE), Wilson Gomes, classificou a situação como um descaso do poder público, em relação da falta de asfaltos nas ruas que contam com pessoas cadeirantes ou com a mobilidade reduzida.

"Essa é uma tecla que a gente já vem batendo há muito tempo, inclusive levamos ao Ministério Público essa demanda, temos principalmente na zona sudeste uma ampla lista com os nomes de pessoas cadeirantes, onde as ruas deveriam ser asfaltadas, mas infelizmente não obtivemos êxito junto a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sudeste (SDU)", frisou Wilson Gomes.

O que diz a SEMDUH

O GP1 entrou em contato na manhã desta terça-feira (16), com a SEMDUH, que por meio de nota disse que a Prefeitura de Teresina iniciou na segunda-feira (15), o asfaltamento de 14 vias do Parque Ideal e a rua Anselmo Peretti está entre as beneficiadas.

Confira nota na íntegra

A Prefeitura de Teresina informa que iniciou nesta segunda-feira, 15, o asfaltamento de 14 vias do Parque Ideal, zona sudeste, com investimentos de aproximadamente R$ 3,5 milhões. A Rua Anselmo Peretti consta entre as 14 ruas a serem contempladas.

* Com informações do repórter Fábio Wellington