Ipiranga do Piauí - PI

Câmara de Ipiranga aumenta salário do prefeito para R$ 14 mil

Com o reajuste o prefeito de Ipiranga do Piauí passará a ganhar mais do que o gestor de Picos, cidade com mais de 70 mil habitantes.

José Maria Barros
Picos

Antes do recesso de final de ano, a mesa diretora da Câmara Municipal de Ipiranga do Piauí aprovou Projeto de Lei Ordinária reajustando o salário do prefeito para 14 mil reais mensais. O subsídio do vice-prefeito foi fixado em 7 mil, enquanto os secretários municipais perceberão dois mil reais mensais.

A Lei foi aprovada pela mesa diretora da Câmara Municipal de Ipiranga do Piauí no dia 4 de novembro de 2016 e entrará em vigor a partir de 1º de janeiro de 2017. A cópia do documento somente foi publicada no Diário Oficial dos Municípios na edição do último dia 15 de dezembro, na página 9.

De acordo com o parágrafo único do projeto, os subsídios fixados serão revistos por lei específica, na mesma data e com o mesmo índice dos servidores públicos municipais. Nos termos do inciso X do artigo 37 da Constituição Federal de 1988, caso não extrapoles os limites estabelecidos pela Lei 101/2000.

Disparidade

Embora Ipiranga do Piauí tenha pouco mais de 9 mil habitantes, o prefeito reeleito, José Santos Rêgo, o Zé Maria, do PP; vai ganhar a partir de 1º de janeiro de 2017, mais do que o prefeito de Picos. O subsídio do Padre José Walmir de Lima (PT) foi mantido em 13 mil e 500 reais mensais, enquanto o de Maria aumentou para 14 mil reais por mês.

Mais conteúdo sobre: