Bertolínia - PI

Candidato José Cavalcante Neto e acusado de descumprir decreto

Na noite dessa quinta-feira (29), José Cavalcante Neto, que teve a candidatura indeferida, mas que aguarda decisão de recurso, realizou caminhada pelas ruas do município.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O GP1 recebeu, nesta sexta-feira (30), denúncia contra o candidato a prefeito de Berolínia, José Cavalcante Neto (PT), o acusando de descumprir decreto do prefeito Geraldo Fonseca, que é candidato à reeleição.

O prefeito Geraldo Fonseca proibiu, por meio de decreto, a realização de atos políticos que gerem aglomerações. Na noite dessa quinta-feira (29), José Cavalcante Neto, que teve a candidatura indeferida, mas que aguarda decisão de recurso, realizou caminhada pelas ruas do município.

Em vídeos que circulam nas redes sociais é visível a aglomeração de pessoas, que não estão cumprindo as medidas sanitárias como o distanciamento social, além da utilização de “paredões” de som. Também nas imagens é possível ver o candidato José Cavalcante.

O decreto assinado, nessa quinta-feira (29), diz que todos os partidos políticos e candidatos devem se abster de promover, incentivar, realizar, participar ou permitir que se realizem qualquer ato de campanha que importe em aglomerações, como comícios, carreatas, passeatas, caminhadas, bandeiraços, reuniões, comitês e eventos em geral relacionados.

Clique aqui e confira o decreto

Outro lado

O candidato José Cavalcante não foi localizado pelo GP1.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Juiz indefere pedido de registro de candidatura de José Cavalcante

MPE pede impugnação da candidatura de José Cavalcante em Bertolínia