Brasil

Carro usado na morte do prefeito de Granjeiro é apreendido em Teresina

O prefeito João Gregório Neto, de 54 anos, foi assassinado a tiros enquanto caminhava no dia 24 de dezembro de 2019.

Jeyson Moraes
Teresina
- atualizado

Na noite desta quinta-feira (16), a Polícia Civil dos estados do Piauí e do Ceará realizaram a apreensão do carro utilizado no assassinato do prefeito de Granjeiro-CE, João Gregório Neto, de 54 anos, que ocorreu quando o gestor caminhava no dia 24 de dezembro de 2019. O veículo foi localizado em um bairro da zona leste de Teresina.

A informação foi confirmada na manhã desta sexta-feira (17) através das redes sociais do secretário de Segurança Pública do Ceará, André Costa. Ele ainda relatou que quando os policiais chegaram ao local, um dos suspeitos reagiu e atirou. “A PCCE, com apoio da PCPI e PMPI, acaba de apreender o veículo utilizado na morte do prefeito de Granjeiro”.

  • Foto: Reprodução/TwitterSecretário de Segurança do Ceará confirmou a informaçãoSecretário de Segurança do Ceará confirmou a informação

No início do mês de janeiro, a polícia cumpriu mandados de busca e apreensão sobre o crime. O atual prefeito de Granjeiro, no Ceará, Ticiano Tomé, e o pai dele, Vicente Félix de Sousa, de 60 anos, são suspeitos de envolvimento no assassinato de João Gregório Neto.

Entenda o caso

O prefeito João Gregório Neto, da cidade de Granjeiro, no estado do Ceará, foi assassinado a tiros na manhã de terça-feira (24), enquanto caminhava próximo à parede do açude na cidade. Segundo a PM, a vítima foi atingida pelas costas.

  • Foto: Reprodução/FacebookJoão Gregório NetoJoão Gregório Neto

Segundo testemunhas, um carro com homens foi visto se aproximando do prefeito, e logo depois, foram ouvidos pelo menos três disparos. Pessoas que estavam próximas tentaram socorrer o gestor, mas quando chegaram ao local ele já estava morto.

NOTÍCIA RELACIONADA

Prefeito de Granjeiro é assassinado a tiros no interior do Ceará