Teresina - PI

Cepisa diz que não houve falta de energia durante jogo no Albertão

A empresa alegou que houve o desligamento das instalações internas de energia das torres do estádio para a conexão do gerador.

Laura Moura
Teresina
- atualizado

A Cepisa emitiu uma nota na manhã desta quarta-feira (06) informando que não houve queda de energia no Estádio Governador Alberto Tavares Silva, o Albertão, durante a partida de futebol entre o River e Fluminense na noite de ontem.

O presidente da Federação de Futebol do Piauí (FFP), Robert Brown, explicou para a empresa que houve o desligamento das instalações internas de energia das torres do estádio para a conexão do gerador, entre os horários de 18h às 19h.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Albertão Albertão

No Albertão, já havia equipes técnicas por precaução. Após o desligamento das instalações, a Cepisa realizou novas vistorias nas proximidades do estádio para assegurar que tudo ocorra nos conformes durante a partida de futebol entre Altos e Santos, que deve acontecer às 18h15.

Confira a nota:

A Cepisa esclarece que não houve qualquer registro de interrupção no fornecimento de energia nas proximidades ou mesmo no próprio Estádio Albertão na noite de ontem (5), enquanto acontecia a partida entre River e Fluminense pela Copa do Brasil.

Mesmo não sendo acionada, a empresa enviou equipes técnicas que constataram a normalidade do fornecimento no entorno do estádio durante a partida. Segundo informações do presidente da Federação de Futebol do Piauí (FFP), Robert Brown, o que ocorreu foi o desligamento das instalações internas de energia das torres do Albertão para a conexão de grupo gerador, entre 18 e 19 horas, com o exato intuito de prevenção a qualquer eventualidade e atendendo a uma exigência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Preventivamente, a Cepisa fez novas vistorias nas adjacências do Estádio Albertão para assegurar a tranquilidade do jogo entre Altos e Santos, que deve ocorrer hoje às 18h15, e vai disponibilizar equipes de plantão do início ao fim da partida.

Mais conteúdo sobre: