Política

Ciro Nogueira diz que impeachment de Bolsonaro seria crime contra o país

"Seria um crime contra nosso País entrarmos num processo de impeachment nesse momento de crise”, afirmou o senador Ciro Nogueira ao GP1.

Nayrana Meireles
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O senador Ciro Nogueira (Progressistas), disse em entrevista ao GP1 na noite desta quinta-feira (04), que “seria um crime contra o país” um processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no atual momento em que o Brasil se encontra devido a pandemia do novo coronavírus (covid-19).

"Seria um crime contra nosso País entrarmos num processo de impeachment nesse momento de crise”, afirmou o senador Ciro Nogueira ao GP1.

  • Foto: Alef Leão/GP1Ciro NogueiraCiro Nogueira

Ciro destacou ainda que apesar de imprensa sempre falar em um eventual impeachment contra o presidente, a possibilidade não é discutida entre os parlamentares. “Se fala em impeachment mais na imprensa porque ninguém discute essa possibilidade no parlamento", ressaltou.

Ciro Nogueira é um dos líderes do Centrão, bloco que esteve na base de sustentação dos governos Dilma, Temer e agora Bolsonaro, que trocou o apoio do grupo por cargos. Recentemente, Bolsonaro nomeou o assessor de Ciro, Marcelo Lopes da Ponte, como presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que tem orçamento de R$ 54 bilhões.

NOTÍCIA RELACIONADA

Bolsonaro nomeia assessor do senador Ciro Nogueira para o FNDE

Mais conteúdo sobre: