Picos - PI

Coordenadoria realiza cadastros para uso do transporte público em Picos

De acordo com a coordenadora de direitos humanos, Jovana Cardoso, a decisão abrange deficientes e idosos que necessitam de transporte público para se locomover.

Idosos e pessoas com alguma deficiência já podem apresentar apenas a carteira de identificação para o uso do transporte público e coletivo de Picos.

A decisão aconteceu por meio de conversas entre a empresa de transporte coletivo local, OAB, Secretaria de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana e Coordenadoria de Direitos Humanos e Livre Orientação Sexual de Picos. A reunião aconteceu semana passada.

De acordo com a coordenadora de direitos humanos, Jovana Cardoso, a decisão abrange deficientes e idosos que necessitam de transporte público para se locomover.

“Estamos obedecendo a um Lei federal. Nós discutimos e chegamos a esse consenso. Portanto, os idosos deverão apresentar apenas a carteira de identidade. Já pessoas com algum tipo deficiência, deverão apresentar o passe e a RG”, explica a gestora.

Cadastramento

Para obter o passe e a carteira para ter acesso ao transporte pública local, no caso de pessoas com algum tipo de deficiência, é necessário fazer cadastro junto à Coordenadoria de Direitos Humanos e Livre Orientação Sexual, sediada no Centro Administrativo de Picos.

Os documentos necessários para o cadastramento são cópias do RG, CPF, comprovante de residência, duas fotos 3×4 do titular, além do laudo médico atestando o tipo de deficiência.

Os interessados deverão se dirigir à Coordenadoria de Direitos Humanos e Livre Orientação Sexual no Centro Administrativo, localizado no início da Avenida Airton Sena, vizinho ao colégio Vidal de Freitas em horário comercial, de segunda a sexta-feira.

Mais conteúdo sobre: