Esportes

Cristiano Ronaldo volta a testar positivo para o novo coronavírus

O jogador português foi submetido a um novo exame nesta quinta-feira, que constatou novamente a presença do vírus em seu organismo.

Por  Estadão Conteúdo

O atacante Cristiano Ronaldo continua positivo. O português foi submetido a um novo exame nesta quinta-feira, que constatou novamente a presença do vírus em seu organismo. Isso de acordo com o jornal Correio da Manhã. Desta forma, o craque deve desfalcar a Juventus na Liga dos Campeões, diante do Barcelona. Ambos se enfrentam na próxima quarta-feira.

Segundo o protocolo sanitário da Uefa, para jogar, Cristiano deveria apresentar um teste negativo sete dias antes da partida. O português, apesar de ainda estar com a doença, afirma estar bem. A carga viral em seu organismo é baixa. Essa constatação, inclusive, será utilizada como argumento pelos italianos para que a entidade aprove a presença do atacante na partida contra o Barça.

Além disso, para que seu nome seja aprovado, a Juventus deverá submeter Cristiano a mais uma bateria de exames. Dessa vez, 48 horas antes do duelo, na segunda-feira. Há cerca de 10 dias, o atacante foi diagnosticado com a covid-19. Na ocasião, ele estava concentrado com a seleção portuguesa para a disputa da Liga das Nações. Após a confirmação, ele foi imediatamente afastado do elenco.

Sem a estrela portuguesa, a Juventus estreou com vitória na Liga dos Campeões. O time comandado pelo ex-jogador Andrea Pirlo venceu o Dínamo de Kiev por 2 a 0. Quem se destacou na ausência de Cristiano foi Álvaro Morata. Ele marcou os dois gols da Velha Senhora, que só não lidera o Grupo G por causa do saldo de gols. O Barcelona foi quem assumiu a ponta da tabela, após golear o Ferencváros por 5 a 1.

Apesar da informação circular pela imprensa europeia, o novo teste positivo de Cristiano Ronaldo ainda não foi confirmado pela Juventus. Ele também não se manifestou. Mais cedo, o atacante português postou uma foto em suas redes sociais em que aparece, em casa, com o cabelo raspado. Essa não é a primeira vez que um jogador da Juventus custa a se livrar da covid-19. Dybala foi diagnosticado com a doença por quatro exames seguidos.

NOTÍCIA RELACIONADA

Cristiano Ronaldo testa positivo para covid-19 e deixa seleção portuguesa