Esportes

Cruzeiro dá férias aos jogadores e anuncia redução de 25% nos salários

Em meio à reformulação após a queda para a Série B, clube mineiro busca fazer contratações "pontuais".

Por  Estadão Conteúdo
- atualizado

A exemplo de outros clubes pelo Brasil, o Cruzeiro anunciou, nesta quarta-feira, medidas financeiras a serem adotadas por causa da pandemia do coronavírus. Todos os jogadores e membros da comissão técnica terão 20 dias de férias a partir desta quarta-feira, 1.º de abril.

Ao final deste período, caso a situação do país permaneça a mesma por causa da pandemia, a diretoria do clube mineiro anunciou que "será aplicada uma redução de 25% sobre o salário dos funcionários (colaboradores, jogadores, diretoria e membros da comissão técnica), imediatamente após o retorno das férias, mesmo período em que poderá iniciar a redução para os que não estão de férias".

O Cruzeiro passa por um período de reformulação após ser rebaixado ano passado para a Série B do Campeonato Brasileiro. Contratado na semana passada, o técnico Enderson Moreira, junto com os dirigentes do clube, busca fazer contratações "pontuais" para reforçar a equipe.

O Cruzeiro não fazia boa campanha no Campeonato Mineiro, quando a disputa foi paralisada, a duas rodadas do fim da fase de grupos. O time era apenas o quinto colocado, fora do quadrangular final.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Flamengo dá férias coletivas aos jogadores até 20 de abril

Corinthians decide conceder férias de 30 dias aos jogadores

Mais conteúdo sobre: