Guadalupe - PI

Desembargador manda soltar secretário preso na Operação Lixo de Ouro

A informação foi confirmada ao GP1, na manhã deste domingo (28), pelo delegado Thiago Silva, da Delegacia Regional de Guadalupe.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O secretário de planejamento e gestão de Guadalupe, Willames Bomfim, sua esposa Vanessa Rodrigues, e o empresário Edvan Morais presos, na quinta-feira (25), durante a Operação Lixo de Ouro já estão em liberdade. A informação foi confirmada ao GP1, na manhã deste domingo (28), pelo delegado Thiago Silva, da Delegacia Regional de Guadalupe.

Ainda de acordo com o delegado, a liberdade foi concedida pelo desembargador Pedro de Alcântara Macedo, do Tribunal de Justiça de Estado do Piauí (TJ-PI), no sábado (27).

  • Foto: Facebook/ Willames Bomfim MirandaWillames Bomfim e Vanessa RodriguesWillames Bomfim e Vanessa Rodrigues

Operação Lixo de Ouro

Deflagrada, na quinta-feira (25), a operação teve o objetivo coibir a prática de fraudes a licitação, corrupção passiva e ativa, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e associação criminosa em Guadalupe.

Foram cumpridos mandados de prisão contra secretário de planejamento e gestão de Guadalupe, Willames Bomfim, sua esposa Vanessa Rodrigues, e o empresário Edvan Morais. O secretário também foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Segundo as investigações, a empresa de Edvan Morais contratada para a prestação de serviços não possuía capacidade técnica para arcar com os serviços que deveriam ser prestados.

O empresário Edvan Morais, proprietário da empresa que ganhou a licitação, conforme o delegado Thiago Silva, pagou uma quantia de aproximadamente R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) ao secretário, dinheiro utilizado como propina.

NOTÍCIA RELACIONADA

Polícia prende secretário municipal, esposa e empresário em Guadalupe