Teresina - PI

DHPP identifica corpo encontrado no Rio Parnaíba em Teresina

De acordo com o delegado Luiz Guilherme, que preside as investigações sobre o caso, a vítima tinha passagens na polícia por crimes de furto, roubo e também era usuário de drogas.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) identificou o homem que foi encontrado morto com perfurações de arma de fogo e de faca na manhã da última segunda-feira (03) no Rio Parnaíba, em frente ao Centro Administrativo, na zona sul de Teresina. Trata-se de Francisco Wellington Monteiro, 39 anos.

De acordo com o delegado Luiz Guilherme, que preside as investigações sobre o caso, Francisco Wellington tinha passagens na polícia por crimes de furto, roubo e também era usuário de drogas. “Nós conseguimos identificar o corpo ontem e estamos fazendo a verificação dos possíveis locais que ele esteve antes de ter sido assassinado. O primeiro problema foi identificar o corpo, agora nós estamos fazendo essa a varredura do caminho que ele fez antes de ter sido morto”, pontuou.

  • Foto: Alef Leão/GP1Delegado Luiz Guilherme Delegado Luiz Guilherme

O delegado relatou que nas outras ocasiões em que foi preso ele apresentou nomes falsos. “Assim que ele deu entrada no IML foi feita a identificação papiloscópica que conseguiu identificar o real nome dele. Muito embora ele fosse conhecido como ‘feijão’, ele dava nome falso quando era autuado. A gente tinha a fotografia do local onde ele foi encontrado e fazendo a verificação do nome que ele tinha no Tribunal de Justiça observamos que era outro”, acrescentou.

Uma das vítimas de Francisco Wellington conseguiu reconhecê-lo como responsável por vários furtos a estabelecimentos comerciais da região do bairro Vermelha, na zona sul de Teresina. O comerciante José Francisco relatou já ter sido furtado pelo indivíduo.

"Eu fui furtado quando estava consertando um banheiro e meu comércio ficou parcialmente aberto. Na ocasião, um vizinho relatou que dois indivíduos furtaram meu celular. Nós perseguimos e ainda recuperamos o celular, mas ele fugiu.

Entenda o caso

O corpo de um homem foi encontrado boiando às margens do Rio Parnaíba, na manhã da última segunda-feira (3), nas proximidades do Centro Administrativo, na zona sul de Teresina.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Corpo de Bombeiros fez a retirada do corpo do localCorpo de Bombeiros fez a retirada do corpo do local

Segundo a delegada Luana Alves, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o homem foi vítima de disparos de arma de fogo e ainda tinha várias perfurações provocadas por golpes de faca. "A gente conversou com os peritos e eles disseram que realmente se trata de um homicídio, foram encontradas lesões de arma branca e provavelmente lesões de disparos de arma de fogo”, relatou a delegada.

Um mergulhador do Corpo de Bombeiros retirou o corpo de dentro do rio e levou até a margem para a realização da perícia. O Instituto de Medicina Legal (IML) esteve no local para a remoção do corpo e o caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

NOTÍCIA RELACIONADA

Homem é assassinado e tem corpo jogado no Rio Parnaíba em Teresina

Mais conteúdo sobre: