Teresina - PI

DHPP não acredita que atendente de pizzaria foi vítima de latrocínio

Felipe Randon foi morto com uma facada no pescoço no momento em que iria realizar a entrega de uma pizza na noite desta terça-feira (22), na Vila Palitolândia, zona sul de Teresina.

Nayrana Meireles
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

O coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Francisco Costa, o Barêtta, informou ao GP1 na manhã desta quarta-feira (23), que a morte do funcionário de uma pizzaria, identificado como Felipe Randon Abreu de Araújo, 29 anos, será investigada como um possível homicídio e não como latrocínio.

Felipe Randon foi morto com uma facada no pescoço no momento em que iria realizar a entrega de uma pizza na noite desta terça-feira (22), na Vila Palitolândia, zona sul de Teresina.

  • Foto: Reprodução/WhatsAppFelipe Randon de AraújoFelipe Randon de Araújo

Segundo Barêtta, Felipe era atendente da pizzaria, mas foi realizar a entrega devido a insistência de um possível cliente. “Nós não estamos tratando de um latrocínio. Toda morte violenta tem que ser investigada inicialmente sobre o prisma de um homicídio. As circunstâncias lá apresentadas são que esse rapaz é atendente, mas devido a insistência da pessoa que estava realizando o pedido, ele se ofereceu para entregar”, afirmou o delegado.

  • Foto: Alef Leão/GP1Delegado BarêttaDelegado Barêtta

De acordo com o coordenador do DHPP, a pessoa que cometeu o crime não levou nenhum bem material de Felipe. “Após o crime, não levaram a motocicleta, não levaram nenhum bem dele, como carteira e dinheiro e nem outro bem. Também não foi entrevistada nenhuma pessoa que dissesse que ouviu alguém anunciando um assalto. Não temos elementos da via temporal e extra temporal que possa levar a um roubo seguido de morte, mas sim há característica de um homicídio”, ressaltou Barêtta.

Felipe Randon tinha passagem na polícia pelo crime de roubo e agora o Departamento de Homicídios vai investigar se a morte dele pode estar relacionada a isso.

Entenda o caso

O funcionário de uma pizzaria, identificado como Felipe Randon Abreu de Araújo, 29 anos, foi assassinado durante um suposto assalto na noite dessa terça-feira (22) na Rua Padre Cícero, na Vila Palitolândia, zona sul de Teresina.

De acordo com o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa – DHPP – um levantamento inicial realizado no local do crime deu conta que a vítima foi abordada por pelo menos um suspeito, por volta de 22h, quando se deslocava para realizar a entrega de uma pizza.

Felipe acabou sofrendo um golpe de faca no pescoço e morreu ainda no local do crime.

NOTÍCIA RELACIONADA

Funcionário de pizzaria é morto com facada no pescoço na Vila Palitolândia