Teresina - PI

Direção do HGV afirma que salários atrasados serão pagos até sexta

Ainda de acordo com a direção do HGV, o único corpo que estava no setor será liberado ainda hoje para que possa ser velado pelos familiares.

Laura Moura
Teresina
- atualizado

A direção-geral do Hospital Getúlio Vargas emitiu uma nota, na manhã desta segunda-feira (11), informando sobre o fim da greve dos técnicos de necropsia do Serviço de Verificação de Óbitos (SVO), que foi deflagrada hoje por conta do atraso de 4 meses de salários.

A administração da unidade hospitalar alegou que foi realizada uma reunião com a categoria, onde o secretário de saúde do Estado, Florentino Neto, garantiu que os salários atrasados serão pagos até a próxima sexta-feira (15). Dessa forma, os técnicos voltaram a exercer suas atividades.

  • Foto: Cinara Taumaturgo/ GP1Fátima Garcêz, diretora do HGVFátima Garcêz, diretora do HGV

Ainda de acordo com a direção do HGV, o único corpo que estava no setor será liberado ainda hoje para que possa ser velado pelos familiares. Entretanto, a categoria ressaltou que, caso não seja feito os pagamentos, os técnicos voltarão a realizar as paralisações.

Confira a nota na íntegra:

Ainda de acordo com a direção do HGV, o único corpo que estava no setor será liberado ainda hoje para que possa ser velado pelos familiares. Entretanto, a categoria ressaltou que, caso não seja feito os pagamentos, os técnicos voltarão a realizar as paralisações.

A diretora-geral do HGV, Fátima Garcêz, reuniu-se nesta manhã de segunda-feira (11) com os técnicos de necropsia do Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) e chegaram a um acordo. Segundo Fátima Garcêz, o serviço volta a funcionar normalmente ainda nesta manhã, e o corpo será liberado ainda hoje.

O secretário da saúde, Florentino Neto, se comprometeu a realizar o pagamento dos salários atrasados até sexta-feira (15).

O serviço foi paralisado por algumas horas nesta segunda-feira (11), devido à falta de pagamento dos técnicos.

Mais conteúdo sobre: