Timon - MA

Dois empresários são presos acusados de receptação em Timon

Na primeira fase da operação “Baião de Dois”, deflagrada pela Polícia Civil do Maranhão, em parceria com o GRECO, quatro empresários foram presos na zona leste e norte de Teresina.

Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

A Polícia Civil do Maranhão, através do Grupo de Pronto Emprego – GPE deflagrou, nesta quarta-feira (01), a segunda fase da operação “Baião de Dois”, e prendeu dois empresários, pai e filho, acusados de receptação qualificada de carga roubada. As prisões ocorreram dentro de um supermercado na cidade de Timon.

Em entrevista ao GP1, o delegado Armando Pacheco, chefe do Departamento de Combate a Rouba de Carga da Polícia Civil do Maranhão, contou que a primeira fase da operação foi realizada no dia 24 de junho como o apoio do GRECO, onde foram presos quatro empresários no município de Teresina. Toda a carga roubada está avaliada em R$ 130 mil.

  • Foto: Divulgação/PC-MACarga apreendida pela Polícia Civil do MaranhãoCarga apreendida pela Polícia Civil do Maranhão

“Dessa vez prendemos pai e filho, ambos empresários. No supermercado e em um depósito de propriedade dessas duas pessoas, apreendemos 74 fardos de arroz roubados de um caminhão no município de Jenipapo dos Vieiras-MA. Ao total já realizamos seis prisões, sendo desmantelada uma poderosa organização criminosa de assaltantes com a participação de comerciantes no Maranhão e Piauí”, ressaltou o delegado.

Os empresários presos foram encaminhados à Central de Flagrantes de Timon, onde foram autuados em flagrante por receptação qualificada, sendo a mercadoria devolvida ao proprietário legítimo.

Entenda o caso

A Polícia Civil do Piauí, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), em parceria com a Polícia Civil do Maranhão, prendeu quatro empresários na quarta-feira 24 de junho, durante cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão nas zonas norte e leste de Teresina.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nos bairros Santa Sofia, Mocambinho e Santa Maria da Codipi, todos na zona norte de Teresina, e ainda na zona leste. Os empresários foram presos e autuados por receptação qualificada por conta da guarda e venda de carga roubada.

NOTÍCIA RELACIONADA

Empresários são presos pelo GRECO acusados de receptação em Teresina