Teresina - PI

Dudu vai pedir ao MP que investigue demissão de 11 guardas em Teresina

"Nós queremos saber se estão tendo aí punições políticas e não administrativas", disse o vereador.

Fábio Wellington
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O vereador Edilberto Borges – Dudu (PT) disse em entrevista ao GP1 na manhã desta quarta-feira (04), que vai pedir ao Ministério Público para investigar a exoneração de 11 guardas municipais dos quadros da Prefeitura de Teresina.

Segundo o vereador, até o presidente do sindicato da categoria foi expulso. “Foram 17 guardas municipais indiciados em processos administrativos variados, desses, 11 guardas foram expulsos, até mesmo o presidente do sindicato. Queremos saber se a demissão dele foi por conta de mazelas ou algumas desavenças administrativas, que tenha denunciado. Vou pedir ao Ministério Público para investigar, o que foi que eles fizeram para serem expulsos", ressaltou Dudu.

  • Foto: Alef Leão/GP1Vereador DuduVereador Dudu

O vereador disse ainda que teme que a demissão dos agentes públicos tenha sido acarretada por motivações políticas e não administrativas.

“Eles já não ganham bem, ganham uma miséria. O vencimento é R$ 798,00, juntando toda a gratificação que eles recebem, chega a R$ 2.000,00. O que chegou para a gente é que eles estão sofrendo assédio moral. Estão impedido eles da liberdade de se expressar, isso é grave. Nós queremos saber se estão tendo aí punições políticas e não administrativas”, finalizou o vereador.

Mais conteúdo sobre: