Política

Elmano Férrer diz que Podemos ainda não se definiu sobre 2020

O senador explicou que o partido ainda está se estruturando no estado do Piauí e no Brasil, e que por isso ainda não há uma definição sobre que rumo a legenda deve tomar.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Andressa Martins
Teresina
Willyam Ricardo
Teresina
- atualizado

O senador Elmano Férrer, presidente estadual do Podemos, afirmou no sábado (20) que o partido ainda não definiu sobre o seu destino para as eleições de 2020, que vai eleger os novos prefeitos e vereadores.

O senador explicou que o partido ainda está se estruturando no estado do Piauí e no Brasil, e que por isso ainda não há uma definição sobre que rumo a legenda deve tomar.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Elmano Férrer Elmano Férrer

“No momento o partido está se estruturando no estado. O Podemos é um partido novo no Brasil, é um partido em construção, originário do PTN, mas com lideranças novas em todos os estados”, explicou.

A legenda tem recebido cada vez mais filiados. “No Senado estamos hoje com dez senadores, é a segunda maior bancada. Na próxima quarta-feira estará se filiando ao partido a senadora Selma, do Mato Grosso. É um partido de 11 senadores, então estamos criando um partido ouvindo essas novas lideranças, vendo a realidade do Brasil de hoje”, afirmou o senador.

Álvaro Dias para presidência do Senado

Formando uma forte bancada de senadores, o Podemos estaria planejando conseguir a presidência do Senado em 2021 e Álvaro Dias é o mais cotado para representar a legenda na disputa. Álvaro já tentado concorrer à eleição à presidência neste ano, mas acabou retirando seu nome e apoiou a candidatura do atual presidente Davi Alcolumbre.

“Realmente ele foi pré-candidato na eleição desse ano no qual elegemos o Davi e ele renunciou em prol da candidatura do Davi. Ele e a própria Simone Tebet e algumas lideranças se reuniram em torno da candidatura do Davi em oposição ao Renan Calheiros. Tudo pode acontecer, ainda está cedo. O Davi está com 9 meses na presidência do Senado. Vamos aguardar esse momento. Seria um grande candidato, seria um grande presidente do Senado em se candidatando e sendo eleito”, destacou o senador Elmano.

Mais conteúdo sobre: