Teresina - PI

Engenheiro da Andrade Júnior é encontrado morto dentro de carro

A perícia constatou que o engenheiro foi atingido por seis perfurações no abdômen e uma no pescoço. Uma faca foi encontrada dentro do carro da vítima.

Nayrana Meireles
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Engenheiro Domingos Sávio Galiza é encontrado morto

O engenheiro da Construtora Andrade Júnior, Domingos Sávio de Galiza, de 70 anos, foi encontrado morto com várias perfurações no corpo dentro do próprio veículo na manhã desta sexta-feira (8), próximo ao Clube dos Rodoviários, no bairro Deus Quer, zona sudeste de Teresina. A perícia constatou que o engenheiro foi atingido por seis perfurações no abdômen e uma no pescoço. Uma faca foi encontrada dentro do carro da vítima e a polícia suspeita que o autor do crime tenha sido um funcionário da obra pela qual Domingos Sávio era responsável.

De acordo com informações do sargento Ramon, do 8º Batalhão da Polícia Militar, tudo indica que a vítima foi atingida quando estava dirigindo seu veículo. "Nós chegamos ao local, tinha muitas pessoas ao redor, o SAMU já havia constatado o óbito. Nós fizemos o isolamento do local, chamamos a perícia e a Delegacia de Homicídios. Segundo informações, aparentemente ele foi atingido durante o trajeto e veio chegar a parar aqui", afirmou.

Ainda segundo o sargento, Domingos Sávio era o responsável por uma obra próxima ao local em que ele foi encontrado. "Ele é administrador, como engenheiro desse empreendimento e vinha aqui pela manhã cedo. Aparentemente ele saiu para tomar um café e na volta sofreu essa situação, que veio a parar o veículo e vir a óbito. Algumas pessoas informaram que ele vinha em zig zag na pista até parar ali. Ele foi encontrado de bruços do lado do passageiro e conseguimos observar resquícios de sangue", relatou o sargento.

O delegado Jarbas Lima, do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa - DHPP, descartou a hipótese de que o crime possa ter sido um latrocínio. "Nós chegamos ao local, formos acionados pelo Copom e encontramos o corpo do seu Domingos Sávio, de 70 anos. As diligências estão em andamento e estamos com as equipes em campo. O que foi constatado até agora é que nós excluímos a possibilidade de latrocínio, porque os bens dele foram encontrados, a carteira com um valor em dinheiro, celular e outros pertences", explicou.

Segundo o delegado, a perícia constatou que havia outra pessoa dentro do veículo do engenheiro, que fugiu após o crime. "Estamos analisando as câmeras do local e o histórico da vítima, para ver se ele tinha o problema com alguém, mas acreditamos que houve a discussão com outra pessoa que estava no carro e que efetuou sete perfurações de faca, inclusive a faca foi encontrada no local. A gente pode precisar que tinha uma pessoa com ele dentro do carro, estamos tentando identificar essa pessoa, se ele já tinha um histórico de discussão com algum funcionário da obra, já que ele era engenheiro responsável aqui. O que a perícia analisou é que foram seis perfurações no tórax e uma no pescoço. Nosso intuito é dar a resposta o mais breve possível e prender o responsável por cometer esse crime hediondo", finalizou o delegado Jarbas Lima.

Domingos Sávio de Galiza tinha 70 anos. Ele passou a maior parte da vida prestando serviços para a Construtora Sucesso e trabalhava há 1 ano e meio na construtora Andrade Júnior. O engenheiro deixa uma esposa e três filhos.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB