Florianópolis - SC

Ex-funcionária acusa prefeito de Florianópolis de estupro

A vítima que é candidata a vereadora da cidade, pelo mesmo partido do Gean Loureiro, informou o ao delegado no dia 9 de outubro, que a última vez que ela sofreu o abuso, foi em outubro do ano passado.

Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

O prefeito de Florianópolis-SC, Gean Loureiro (DEM), está sendo acusado de estuprar uma ex-funcionária que trabalhou na prefeitura da cidade. A mulher identificada como Rosely Rosana Ferrari Dallabona registrou um boletim de ocorrência contra o prefeito. O gestor nega, e diz que a relação foi consensual.

A vítima que é candidata a vereadora da cidade, pelo mesmo partido do Gean Loureiro, informou o ao delegado no dia 9 de outubro, que a última vez que ela sofreu o abuso, foi em outubro do ano passado.

Em nome da verdade, por favor, assista até o fim!

Posted by Gean Loureiro on Thursday, October 29, 2020

Rosely Rosana disse ainda em depoimento que foi vítima do prefeito por duas vezes, uma no final de 2017 e o início de 2018, e a segunda vez em 10 de outubro de 2019. Segundo ela, os episódios ocorreram na Secretaria de Turismo, local onde ela trabalhava.

O caso está sendo acompanhado pela Polícia Civil de Santa Catarina e pela procuradoria-geral do Ministério Público, que é responsável por investigações que envolvam prefeitos.

Outro lado

Na manhã desta quinta-feira (29), Gean Loureiro, que disputa a reeleição, divulgou um vídeo nas suas redes sociais onde diz que a situação se trata de uma “armação eleitoral”. "Agora, a poucos dias da eleição, estão tentando transformar em crime um ato consensual entre dois adultos que aconteceu lá em 2019. Isso mostra que não há limites para baixeza e o jogo sujo da política", disse o gestor no vídeo.