Dirceu Arcoverde - PI

Ex-gerente dos Correios é acusado de desviar dinheiro no Piauí

A decisão do juiz federal Pablo Baldivieso, da Vara Única de São Raimundo Nonato, foi dada no dia 30 de janeiro.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O juiz federal Pablo Baldivieso, da Vara Única de São Raimundo Nonato, recebeu denúncia contra Thiago de Castro Tataia Soares, ex-gerente da Agência dos Correios da cidade de Dirceu Arcoverde, acusado de desvio de dinheiro público. A decisão foi dada no dia 30 de janeiro.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, o denunciado, no exercício da função de gerente da agência dos Correios, de forma livre e consciente, apropriou-se, indevidamente, de dinheiro público que tem a posse em razão do cargo, lesando moralmente a Administração Pública.

O MPF narrou que a equipe do REATE/PI conferiu o numerário do cofre da referida agência e encontrou uma diferença no valor de R$ 140.574,40.

Ainda de acordo com o órgão ministerial, a equipe da REATE colheu declarações do gerente que confessou que pegou dinheiro do Caixa de Retaguarda da Agência no valor citado, com o escopo de pagar dívidas de agiotas durante o final do mês de agosto até o final do mês de setembro. Foi instaurado procedimento administrativo no qual o denunciado foi demitido por justa causa.

Na decisão, o magistrado destacou que há um mínimo de prova da materialidade e indícios suficientes de autoria nos documentos, a exemplo do procedimento administrativo no qual consta seu depoimento, confessando que realizou a retirada do numerário identificado pela equipe do REATE/PI.