Pimenteiras - PI

Ex-prefeito Raimundo Nonato vira réu acusado de desvio de dinheiro

A decisão do juiz federal Flávio Marcelo Sérvio Borges, da Vara Única de Picos, é de 16 de novembro de 2018.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O juiz federal Flávio Marcelo Sérvio Borges, da Vara Única de Picos, recebeu denúncia contra o ex-prefeito de Pimenteiras e ex-diretor da Agespisa, Raimundo Nonato Marreiros Moreira, e o empresário Paulo Sérgio Lopes Santos acusados de desvio de dinheiro. A decisão é de 16 de novembro de 2018.

Segundo denúncia do Ministério Público Federal, os acusados desviaram em proveito alheio verbas públicas oriundas da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) durante o período de setembro de 2006 a novembro de 2008.

Notificados para apresentarem defesa, Raimundo e Paulo alegaram que a execução das unidades em quantidade menor que a compactuada se deu em decorrência da morosidade da liberação dos repasses, ocasionando, com isso, o aumento dos custos de referência.

Ao final, o magistrado destacou a presença dos requisitos do artigo do CPP e não existência de hipóteses de rejeição da inicial, motivos pelos quais recebeu a denúncia.