São Félix do Piauí - PI

Ex-prefeito Reginaldo do Simão vira réu na Justiça por improbidade

A decisão do juiz federal Agliberto Gomes Machado, da 3ª Vara Federal, é de 5 de novembro deste ano.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O juiz federal Agliberto Gomes Machado, da 3ª Vara Federal, recebeu denúncia contra o ex-prefeito de São Félix do Piauí, Reginaldo Vieira de Moura, o Reginaldo do Simão, e a empresa Brilhante Construtora, Imobiliária e Incorporadora LTDA-EPP por improbidade administrativa. A decisão é de 5 de novembro deste ano.

Segundo a denúncia, a empresa foi contratada para construção de escola com recursos do FNDE no valor R$ 987.657,40 e que, apesar de ter recebido o valor de R$ 456.235,46, somente executou o percentual de 14% da obra.

Ao receber a denúncia, o magistrado destacou que o procedimento apresentado “possui elementos tendentes a demonstrar possíveis ilícitos, porquanto considero existentes indícios de condutas ímprobas, o que não significa, contudo, compromisso com o mérito da acusação ofertada”.

Outro lado

O ex-prefeito Reginaldo do Simão e nenhum responsável pela empresa foram localizados pelo GP1.